Sociedade

Terminou a viagem de 520 dias a Marte

Terminou a viagem de 520 dias a Marte

A missão que pretendia simular a viagem até Marte ao londo de cerca de 17 meses e avaliar a reacção de seis tripulantes durante esse processo terminou esta sexta-feira. Segundo a Agência Espacial Europeia, foi um êxito. Veja o vídeo.

Durante 520 dias um grupo de seis voluntários esteve fechado numa nave no Instituto de Problemas Biomédicos de Moscovo. O objectivo era perceber até que ponto o ser humano aguentaria a viagem que nos liga ao planeta vermelho, ao longo de nada mais nada menos do que 520 dias.

A tripulação, constituída por elementos do sexo masculino, submeteu-se a condições muito próximas às de uma viagem real. Recebiam rações como as dos astronautas, raramente tomavam banho e todos os dias recolhiam amostras de urina e sangue. Com excepção das casas de banho, todos os compartimentos estavam vigiados, como se de um 'reality show' se tratasse.

"Senti realmente uma distância física entre nossa tripulação e o pessoal do controlo da missão. A minha razão sabe que eles estão a apenas 20 metros de nós, mas a minha cabeça não consegue aceitar isso", escreveu Romain Charles, um dos tripulantes europeus, à Reuters, na véspera da saída da nave.

Depois de confinados 550 metros quadrados, sem luz do sol ou janelas deste 3 de Junho de 2010, e de um investimento de 15 milhões de dólares (cerca de 11 milhões de euros) a escotilha abriu-se para mostrar seis homens confiantes e bem de saúde.

"A missão Mars500, apesar de realizada em Terra, permite à Humanidade a possibilidade de um dia cumprimentar o amanhecer num planeta distante, mas acessível", disse Diego Urbina, colaborador da Agência Espacial Europeia (ESA), quando saiu da nave.

"Depois de uma viagem imóvel de 520 dias, estou orgulhoso de provar, com os meus colegas da tripulação internacional (Europa, Rússia e China), que uma viagem humana ao Planeta Vermelho é viável", corroborou o francês Romain Charles, citado pelo site da ESA.

Os tripulantes fizeram, ao longo da viagem, mais de 100 experiências relacionadas com problemas de missões de longa duração no espaço. Numa dessas experiências, três dos tripulantes vestiram fatos, de 32 quilos cada um, e simularam um passeio pela superfície de Marte.

Nos próximos três dias a tripulação vai estar de quarentena, sujeita a exames médicos e a avaliação psicológica, pois a claridade e o barulho podem causar estranheza aos "astronautas".

Os especialistas dizem que ainda faltam várias décadas para que seja possível realizar a viagem real - que exige proteger os astronautas da radiação cósmica, fazê-los pousar a pelo menos 56 milhões de quilómetros e então trazê-los de volta à Terra.