Sociedade

Universidade de Aveiro procura voluntários para estudar sexualidade

Universidade de Aveiro procura voluntários para estudar sexualidade

Estudo precisa de 100 pessoas, entre os 18 e os 50 anos, metade de cada sexo.

O único laboratório português de investigação experimental em Sexualidade Humana, o "SexLab" instalado na Universidade de Aveiro, procura voluntários para desenvolver um estudo sobre a saúde sexual.

O primeiro estudo de investigação experimental, "A saúde sexual da mulher e do homem: contributos para um modelo de compreensão biopsicossocial", deverá ter uma amostra de uma centena de pessoas, entre os 18 e os 50 anos, metade de cada sexo, procurando ser o mais representativa possível da população portuguesa.

Segundo explicou à Lusa o responsável pelo SexLab, Pedro Nobre, a experimentação consiste em medir as respostas fisiológicas a estímulos sexuais: através de equipamentos que medem a vaso-congestão vaginal na mulher e a erecção do pénis no homem, enquanto são projectadas imagens sugestivas, dentro de um gabinete ou cabine, são registadas no exterior essas informações, além do ritmo cardíaco e respiratório.

"Garantimos aos voluntários total privacidade e anonimato", sublinha Pedro Nobre, esclarecendo que o primeiro estudo tem por objectivo "descobrir o papel que as variáveis psicológicas, relacionais, biológicas e contextuais assumem na protecção ou vulnerabilidade da saúde sexual de homens e mulheres".

O SexLab resulta de um projecto financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia(FCT), sendo o primeiro do género em Portugal e um dos poucos a nível mundial, permitindo aprofundar conhecimentos e ampliar as possibilidades de intervenção ao nível da saúde e bem-estar sexual, bem como de problemáticas associadas às disfunções sexuais, comportamentos de risco, compulsividade e agressão sexual.

Aquela unidade laboratorial de investigação em Sexualidade Humana integra a rede internacional SEXLAB e resulta de uma parceria entre o PsyLab da Universidade de Aveiro e o Grupo de Investigação em sexologia do Centro de Investigação do Núcleo de Estudos e Intervenção Cognitivo-Comportamental da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra/Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.

É coordenada por Pedro Nobre, Doutorado em Psicologia pela Universidade de Coimbra e Professor Auxiliar da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, e conta com a colaboração de uma equipa constituída por cinco outros investigadores com experiência clínica e de investigação científica na área da sexologia.

Instalada no Campus Universitário de Aveiro dispõe de um conjunto de equipamentos que permitem avaliar diferentes aspectos psicofisiológicos associados à resposta sexual nos homens e nas mulheres, bem como de um conjunto de software que permite produzir estímulos diversificados e fazer a leitura de todas as medidas fisiológicas.

ver mais vídeos