Sociedade

Uso inadequado dos portáteis tem graves implicações na saúde

Uso inadequado dos portáteis tem graves implicações na saúde

Investigadores da Universidade do Minho concluíram que a utilização inadequada dos computadores portáteis origina graves problemas de saúde, em especial ao nível do pescoço, costas e punhos.

Pedro Arezes, coautor do estudo e investigador do departamento de Produção e Sistemas da Universidade do Minho (UM), refere que "ficaram demonstrados os factores de risco para o desenvolvimento de lesões músculo-esqueléticas".

O investigador e especialista em ergonomia, ou seja, a ciência que estuda a adaptação do ser humano ao trabalho, sublinha que existem "duas abordagens possíveis a fazer no imediato" para evitar estes problemas, nomeadamente, a própria concepção do equipamento e o modo como é utilizado.

As próximas etapas da investigação passam pelo o encontro de soluções para os diagnósticos determinados, bem como pela criação de um guia de boas práticas para o utilizador.

A investigação, que será estendida ao âmbito do ensino básico, conta, ainda, com a colaboração de Nelson Costa, da UM, Ignacio Castelucci, do Chile e Luis Franz, do Brasil.

Conteúdo Patrocinado