Sociedade

Verão de 2013 será o mais frio dos últimos 200 anos

Verão de 2013 será o mais frio dos últimos 200 anos

O calor do verão só chegará à Europa nos meses de setembro e outubro, segundo o canal francês "Météo". As previsões apontam para um dos verões mais frios dos últimos 200 anos.

O canal de meteorologia francês assegura que o verão de 2013 tem 70% de probabilidades de não existir, já que o calor só deverá aparecer nos meses de setembro e outubro, que serão os mais quentes e com mais radiação solar.

As previsões do "Météo" apontam para temperaturas baixas e elevada humidade na Europa até ao final de agosto. O calor poderá aparecer apenas pontualmente e em curtos períodos.

O relatório do canal francês vaticina, ainda, que em 2013, no verão, as temperaturas poderão cair, em média, um a três graus na Península Ibérica e haverá também precipitação, durante o verão.

Caso se cumpram as previsões, a Europa Ocidental, Portugal incluído, terá o pior verão desde 1816, há 197 anos, graças ao inverno tardio, que baixou as temperaturas da água do mar. A pouca atividade solar registada nos últimos meses também poderá estar na origem deste verão.

Recorde-se que em 1816, conhecido como "o ano sem verão" ou o "ano da pobreza", o vulcão Tambora, na Indonésia, lançou uma coluna de fumo tão densa que propiciou uma descida das temperaturas em metade do planeta.

Conteúdo Patrocinado