Sociedade

Fotojornalista João Silva agraciado com a "Ordem da Liberdade"

Fotojornalista João Silva agraciado com a "Ordem da Liberdade"

O repórter fotográfico português João Silva recebeu esta quinta-feira na Embaixada de Portugal em Pretória, na África do Sul, a medalha da "Ordem da Liberdade", atribuida pelo presidente da República.

Filho de emigrantes portugueses na África do Sul, João Silva é fotojornalista ao serviço do "The New York Times" e perdeu as duas pernas em trabalho de reportagem no Afeganistão em outubro de 2010.

Residente em Joanesburgo desde tenra idade, casado e pai de dois filhos, começou a fotografar para jornais regionais na Africa do Sul, vindo a trabalhar na cobertura fotográfica, ao serviço do matutino "The Star", dos mais violentos crimes cometidos pelas forças de segurança do apartheid.

João Silva parece não conhecer a metalinguagem da profissão que abraçou mas quem com ele partilhou momentos de grande tensão e violencia nos bairros negros de Joanesburgo, ou partilhou a angústia da tragédia de Boiapatong, reconhece a este repórter fotográfico, a frieza e precisão que necessita aquilo que substitui as palavras publicadas: a foto.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG