O Jogo ao Vivo

Jornalismo

Jornalista curda morta no conflito do Iraque

Jornalista curda morta no conflito do Iraque

Uma jornalista curda da agência Firat foi morta na sexta-feira num ataque 'jihadista' no norte do Iraque, anunciou um dos seus empregadores na internet.

A jornalista foi atingida quando combatentes do Estado Islâmico (EI) atacaram uma zona perto da cidade de Makhmour, onde residem famílias de membros do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).

Situada a cerca de 280 quilómetros a norte de Bagdade, Makhmour é um dos territórios atacados nos últimos dias pelos 'jihadistas' do EI, que levam a cabo uma ofensiva no Iraque desde 9 de junho.

Deniz Firat trabalhava para várias publicações, incluindo a agência de notícias Firat, conotada com o PKK.

Segundo um responsável do partido, ela morreu durante a tarde de sexta-feira durante confrontos entre 'jihadistas' e combatentes do PKK.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG