Comunicado

CT da RTP pede para que Relvas "leve" Alberto da Ponte

CT da RTP pede para que Relvas "leve" Alberto da Ponte

A Comissão de Trabalhadores já reagiu à demissão do ministro da tutela, através de um comunicado, onde recorda que foi este que nomeou o atual Conselho de Administração da empresa.

"Esta Comissão de Trabalhadores (CT) não irá pronunciar-se sobre as repercussões desta demisssão, mas pode e deve recordar que o atual Conselho de Admnistração da RTP foi colocado onde está pelo ministro mais desacreditado", acusa o orgão representativo dos trabalhadores da estação pública.

No comunicado, a CT da RTP acusa Miguel Relvas e Alberto da Ponte de estarem bem um para o outro: "O CA aceitou como única fonte de legitimidade um ministro que sempre se distinguiu pela sua desenvoltura a espezinhar a lei e a constituição. Não era qualquer pessoa que teria a audácia de se deixar nomear por um tal ministro, mas o CA de Alberto da Ponte teve e não havia aí algum equivoco".

A CT termina o comunicado pedido a Relvas que leve Alberto da Ponte consigo: "Aos papelões que fez Relvas, corresponde o caos que este CA ajudou a implantar na RTP. Daqui emitimos o nosso voto de que o ministro demissionário leve consigo o CA que instalou na RTP - ambos na mesma viagem sem regresso".