Sociedade

PSD Porto quer saber que RTP clarifique o futuro do centro de produção do Norte

PSD Porto quer saber que RTP clarifique o futuro do centro de produção do Norte

A concelhia do PSD do Porto reclamou, esta segunda-feira, à Administração da RTP que clarifique publicamente o futuro do centro de produção do Norte daquela estação.

"Tudo faremos para que a RTP Porto não continue a ser decapitada e exigimos que a Administração torne público o que entende ser o futuro da RTP Porto", afirma, em comunicado, o dirigente da Comissão Política do PSD da Cidade do Porto Ricardo Almeida.

A Administração da televisão pública confirmou, na sexta-feira, que vai passar a produzir em Lisboa o programa televisivo matinal Praça da Alegria e adiantou que, "em breve", será anunciado "um grande projeto de produção" a concretizar no Porto.

No seu comunicado, o PSD Porto pede que os gestores da estação clarifiquem "qual é o projeto especial referenciado, como vai ser o futuro da informação produzida pelos profissionais da RTP/Porto, que programas vão passar a ser produzidos no Monte da Virgem".

O PSD/Porto assinala ainda que, nos últimos anos, a Administração da televisão do Estado "tem procedido a sucessivos cortes orçamentais e de recursos humanos" na empresa, "nomeadamente na região norte".

"Em nosso entender, estas medidas são profundamente prejudiciais para a região norte e demonstram um absurdo centralismo prejudicial dos interesses da nossa região e, consequentemente, contrárias ao interesse nacional", acrescentou.