Sociedade

Sindicato dos Jornalistas contra alterações ao acordo de empresa da Lusa

Sindicato dos Jornalistas contra alterações ao acordo de empresa da Lusa

O Sindicato dos Jornalistas "repudiou", esta segunda-feira, as "alterações unilaterais ao Acordo de Empresa" da Agência Lusa anunciadas no dia 14 pela administração da empresa e ameaça recorrer à Autoridade para as Condições de Trabalho e aos tribunais.

O SJ anunciou ainda a intenção de propor uma reunião "muito urgente" com os restantes signatários do Acordo de Empresa (AE) da Lusa, com o objetivo de preparar uma "intervenção conjunta" junto da administração da agência e, "se necessário, de outras instâncias".

O sindicato sustenta num comunicado que enviou às redações que a redução anunciada pela administração da Lusa para 2013 de 20% nas ajudas de custo só pode ser alterada por acordo com os sindicatos signatários do AE da Lusa "através de uma revisão negociada", assim como o corte de escala idêntica nos subsídios de função "deve ser negociado com o trabalhador, pelo que a empresa não pode proceder a qualquer revisão unilateral".

Também a "redução a custo zero das horas extraordinárias", no entender do SJ, "viola de forma clara e inapelável as várias cláusulas do AE sobre esta matéria".

"O SJ estranha a informação do CA da Lusa contida na nota da Comissão de Trabalhadores, de que estará já aprovado -- julga-se que ao nível de conselho de administração -- um orçamento para 2013 que consagra as referidas flagrantes violações do disposto no AE", acrescenta o SJ no seu comunicado.

Outras Notícias