Sociedade

Militares da GNR escrevem ao Pai Natal

Militares da GNR escrevem ao Pai Natal

"Querido Pai Natal. Com o ano quase a acabar queremos pedir que olhes por nós". É desta forma que começa uma carta na qual uma centena de militares da GNR do Porto reivindica ao Pai Natal melhorias das condições de trabalho que o Governo não tem atendido.

De forma informal, oficiais dos comandos, sargentos de vários serviços operacionais e comandantes de postos do distrito do Porto juntaram-se ontem num almoço de Natal e de protesto, num restaurante de Paredes, onde foi distribuída a carta ao Pai Natal, que resume todas as reivindicações dos militares.

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa