Sociedade

Neve deixa milhares de alunos sem aulas

Neve deixa milhares de alunos sem aulas

Milhares de alunos do Norte e Centro do país não tiveram aulas, terça-feira, devido à neve que caiu nas zonas mais altas. Escolas de Bragança, Mogadouro, Vila Real, Carrazeda de Ansiães, Montalegre, Boticas, Melgaço, Vieira do Minho, Castro Daire e Vila Nova de Paiva não abriram por questões de segurança. Depois da chuva e do vento no fim de semana - que deixou escolas sem eletricidade, como aconteceu com todas de Oliveira do Bairro, por exemplo, que só hoje devem reabrir - faltava a neve para alterar o quotidiano.

O manto branco que deu folga aos mais novos foi o mesmo que deixou em pânico automobilistas, nomeadamente no IP4, na serra do Marão. "Não havia necessidade se o túnel do Marão estivesse concluído", lamentavam os condutores numa alusão à obra parada.

O medo fez com que Jéssica Cardoso, de Armamar, fizesse inversão de marcha junto à Pousada do Marão. Optou por passar a noite em casa de uma amiga, em Felgueiras. "Ainda tenho as pernas a tremer. O carro começou a deslizar, não tinha controlo nenhum. O limpa-neves passava e logo de seguida ficava tudo branco em gelo", contou ao JN. Ontem, ao início da noite, o IP4 encontrava-se cortado ao trânsito no nó da Amendoeira, em Macedo de Cavaleiros, devido a um nevão. Mas muitas outras estradas nacionais e municipais ficaram condicionadas. Aldeias ficaram isoladas. Em Boticas, a Proteção Civil levou refeições a idosos de três freguesias que ficaram isoladas.

PUB

Em Ponte da Barca, quatro técnicos da PT e da RTP, que procediam à manutenção de equipamentos no emissor do Muro, na serra Amarela, em Lindoso, tiveram, ontem à tarde, de ser resgatados pelos bombeiros. Foram apanhados pelo mau tempo quando regressavam do alto da serra.

Moimenta da Beira

Entre as 8 e as 10 horas de ontem cerca de 20 viaturas ficaram retidas na neve nas estradas do município de Moimenta da Beira, segundo as contas do comandante dos bombeiros voluntários locais, José Requeijo. Os problemas foram resolvidos à medida que os limpa-neves foram libertando as vias, como mostra a foto em Alvite.

Guarda

Os bombeiros da Guarda entregaram, ontem, 25 refeições a idosos que ficaram isolados pela neve nas suas habitações. Utentes de uma IPSS da cidade, que não tem viaturas adequadas para circular na neve. Ao final da tarde recomeçou a nevar intensamente na cidade, "provocando o caos na circulação rodoviária", disse Eduardo Mata, da Proteção Civil

Trás-os-Montes

Em Trás-os-Montes, a neve afetou o gado, obrigado a sair dos campos, como aconteceu em Montalegre (na foto). No distrito de Bragança, o gelo condicionou o trânsito em várias estradas, nomeadamente na EN315, em Bornes, que chegou a estar cortada, na serra da Nogueira, na EN103 e na ligação entre Bragança e algumas aldeias.

Alto Minho

No Alto Minho, o mais forte nevão dos últimos dois anos condicionou, ontem, algumas estradas, principalmente na área do Parque da Peneda-Gerês, onde a circulação só viria a ser possível a veículos com correntes. Apesar disso, muitos acorreriam a Lamas de Mouro (na foto) e a Castro Laboreiro, para as habituais brincadeiras na neve.

* COM ANTÓNIO ORLANDO, SANDRA FERREIRA, LUIS OLIVEIRA, GLÓRIA LOPES, MADALENA FERREIRA E NUNO CERQUEIRA, GLÓRIA LOPES, L.H.O.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG