Sociedade

Novas tecnologias põem carros a "conversar" e evitam acidentes

Novas tecnologias põem carros a "conversar" e evitam acidentes

Um novo sistema de comunicação entre automóveis, baseado nas novas tecnologias sem fio, está a ser testado nos EUA. O objetivo é que os veículos, ao circularem nas estradas, "comuniquem" uns com os outros e, dessa forma, evitem os acidentes, as mortes e os feridos graves por eles causados e as despesas com as reparações nas oficinas.

Há um camião que não vai respeitar o sinal vermelho quando o leitor se aproxima do cruzamento? Graças ao novo sistema, o seu automóvel pode decidir parar, pois "soube" com antecedência que o veículo pesado não ia respeitar a sinalização de trânsito.

"Trata-se de um novo sistema que pode evitar as colisões nas estradas", referiu ao Washington Post Christopher Poe, director-adjunto do Texas Transportation Institute.

O novo sistema consiste em dotar todos os veículos com transmissores de curto alcance que enviam informação sobre o local onde se encontram e o que estão a fazer. Os mesmos transmissores recebem idêntica informação sobre todos os veículos que se encontram no seu raio de ação.

Em caso de acidente iminente, o sistema pode travar o carro ou lançar um aviso ao condutor. Este aviso tanto pode ser sonoro, como traduzir-se numa vibração no banco do condutor ou num ligeiro aperto no cinto de segurança.

"Esta tecnologia poderia evitar cerca de 80% das falhas de condução nos EUA", sublinhou Ron Medford, vice-diretor do National Highway Traffic Safety Administration (NHTSA).

Os dados oficiais provam que, no ano de 2007, cerca de metade das colisões foram choques traseiros, um tipo de acidente que, através da troca de informações entre os veículos, pode ser facilmente evitado.

PUB

O NHTSA espera que o programa-piloto que está a ser realizado em Ann Arbor, no estado norte-americano de Michigan, venha a comprovar a fiabilidade do novo sistema. Os testes prolongam-se pelo Verão de 2013. Se tudo correr bem, será então o momento de procurar implementar o sistema de uma forma alargada.

Os transmissores permitem também informar o condutor sobre obras ou outros impedimentos nas estradas que fazem parte do seu itinerário, de forma a permitir que o condutor possa alterar o percurso. Desta forma, o sistema impede a formação de congestionamentos de trânsito.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG