Sociedade

Pais deixam a escolha do sexo para o bebé

Pais deixam a escolha do sexo para o bebé

Um casal canadiano decidiu deixar o género do filho recém-nascido em segredo para que no futuro ele mesmo decida de que sexo é que quer ser.

"Nós decidimos não revelar o seu sexo por agora - um tributo à liberdade de escolha em vez da limitação, um desafio do que mundo poderia tornar-se na sua vida", disse o casal aos amigos, segundo o "Daily Mail".

O bebé, de nome Storm, tem quatro meses e apenas os seus pais, os dois irmãos e as duas parteiras conhecem o seu sexo. Este particular movimento, levado a cabo por Kathy Witterick, de 38 anos, e David Stocker, de 39 anos, tem sido alvo de inúmeras polémicas e debates.

De acordo com o jornal "The Toronto Star", o casal tem recebido diversas críticas por imporem a sua própria ideologia ao bebé mas, apesar disso, Kathy e David mantêm a sua posição acreditando que estão a libertar Storm das restrições que a sociedade impõe nos homens e nas mulheres, alegando que as crianças podem tomar decisões significativas para si, a partir de uma idade muito jovem.

Também os seus outros dois filhos, Jazz e Kio, desde os 18 meses que decidem como cortam o cabelo e se compram na secção feminina ou masculina, afirma o "Daily Mail".