O Jogo ao Vivo

Brasil

Papa Francisco sublinha o valor dos avós para transmissão da fé

Papa Francisco sublinha o valor dos avós para transmissão da fé

O Papa Francisco sublinhou, esta sexta-feira, a importância dos avós para a transmissão da fé e valores, antes de rezar a oração do Angelus Domini, no Rio de Janeiro.

"Como os avós são importantes na vida da família, para comunicar o património de humanidade e de fé que é essencial para qualquer sociedade", assinalou o líder católico, citado pelo site G1.

"Vemos aqui o valor precioso da família como lugar privilegiado para transmitir a fé. Olhando para o ambiente familiar, queria destacar uma coisa. Hoje, na festa de São Joaquim e Santana, no Brasil celebra-se a festa dos avós", acrescentou.

O Papa fez estas declarações no balcão do Palácio Arquiepiscopal São Joaquim, na Glória, no Rio de Janeiro, antes de rezar a oração do Angelus Domini e abençoar milhares de pessoas que se concentraram diante do local.

"Crianças e anciãos constroem o futuro dos povos (...). Esse diálogo entre as gerações é um tesouro que deve ser conservado e alimentado. Nesta Jornada Mundial da Juventude, os jovens querem saudar os avós. Saudamos aos avós!", referiu.

O Papa pediu aos jovens que "saúdem os seus avós com muito carinho e lhes agradeçam pelo testemunho de sabedoria" que "oferecem continuamente".

"Desejaria que a minha passagem por esta cidade do Rio renovasse em todos o amor a Cristo e à Igreja, a alegria de estar unidos a ele e de pertencer à Igreja e do compromisso de viver e testemunhar a fé", referiu.

Milhares de pessoas estavam aglomeradas diante do palácio para ver o papa celebrar a oração do Angelus e, durante a espera, cantaram músicas religiosas.

O Papa Francisco encontrou-se ainda com oito jovens, entre 16 e 18 anos, que estão presos, e saudou o comité organizador da Jornada Mundial da Juventude (JMJ).

Francisco irá almoçar com alguns jovens no Palácio Arquiepiscopal e depois irá descansar na Residência do Sumaré.

Pela manhã, Francisco confessou cinco jovens na Quinta da Boa Vista, num evento privado.

A comitiva papal saiu da Quinta da Boa Vista e, atrás do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, Francisco entrou no papamóvel e percorreu várias ruas do centro da cidade até ao Palácio São Joaquim, residência do Arcebispo do Rio de Janeiro, Orani Tempesta.

Novamente, o Papa quebrou o protocolo, parando o papamóvel para saudar os fiéis e beijar crianças. Centenas de fiéis esperavam pelo papamóvel e presentes foram entregues a Francisco por meio dos seguranças.

Ainda durante o trajeto, Francisco desceu do papamóvel especialmente para abraçar uma senhora muito idosa, que estava em pé a aguardar pela sua passagem.

No final da tarde, Francisco participa na Via Sacra com os jovens peregrinos na praia de Copacabana.

O Papa Francisco, que realiza a sua primeira viagem internacional desde que se tornou papa, está no Brasil para a 28.ª Jornada Mundial da Juventude (JMJ) no Rio de Janeiro, que decorre até domingo.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG