Sociedade

Pfizer retira do mercado 115 mil embalagens de Centrum e Stresstabs

Pfizer retira do mercado 115 mil embalagens de Centrum e Stresstabs

Os Laboratórios Pfizer vão retirar do mercado cerca de 115 mil embalagens de suplementos alimentares das marcas Centrum e Stresstabs devido a um erro de rotulagem.

Os produtos em causa, da Home Products de Portugal, são: Centrum (embalagens de 30, 60 e 100 comprimidos), Centrum Select 50 + (embalagens de 30, 60 e 100 comprimidos), Centrum Júnior (embalagens de 30 e 60 comprimidos), Centrum Materna (embalagem de 30 comprimidos) e Stresstabs (embalagens de 30 e 60 comprimidos).

"Estão excluídos do âmbito desta recolha todos os lotes de Centrum Cardio", ressalvou Helena Novais, responsável pela comunicação institucional da Pfizer, à Agência Lusa, esclarecendo os motivos da acção.

"O rótulo deve reflectir exactamente aquilo que é a composição do suplemento e verificou-se que, nestas embalagens, ele não estava em conformidade com a regulamentação europeia para o efeito, pelo que a intenção da retirada do mercado é apenas corrigir a rotulagem", explicou.

Os produtos em causa são comercializados em farmácias, parafarmácias e outros estabelecimentos autorizados para venda de artigos médicos, tendo a Pfizer solicitado "a suspensão da venda" e o "bloqueio do stock" dos mesmos.

Numa carta endereçada aos armazenistas, a empresa pede que estes "solicitem aos clientes directos a devolução" dos produtos, de modo a que todas as embalagens sejam recolhidas até esta quarta-feira.

"Os Laboratórios Pfizer, na qualidade de distribuidor dos produtos da Home Products de Portugal, irão creditar a totalidade das embalagens recolhidas", assegura ainda a farmacêutica na carta.

"Além da correcção da rotulagem, as nossas preocupações vão no sentido de evitar a ruptura no abastecimento e de ter a situação regularizada em Outubro", declarou ainda Helena Novais à Lusa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG