Sociedade

Acordo ortográfico chegou aos medicamentos

Acordo ortográfico chegou aos medicamentos

O texto com a informação que acompanha os medicamentos terá de ser escrito com a grafia do acordo ortográfico da Língua Portuguesa a partir do próximo domingo, segundo a autoridade que regula o sector.

Uma circular informativa do Infarmed esclarece que os titulares de Autorização de Introdução no Mercado (AIM) têm de implementar o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa na informação dos medicamentos, como o Resumo das Características do Medicamento (RCM), o folheto informativo e a rotulagem.

Esta medida tem de ser aplicada a partir de domingo, conforme estabeleceu a Resolução n.º 8/2011 da Presidência do Conselho de Ministros, de 25 de Janeiro de 2011.

Esta lei define que, a partir de 1 de Janeiro de 2012, "se aplica a grafia do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa a todos os documentos de organismos com superintendência e tutela do Governo".