Sociedade

Cancro da cabeça e pescoço mata três portugueses por dia

Cancro da cabeça e pescoço mata três portugueses por dia

Apesar das elevadas taxas de mortalidade e mutilação, o cancro da cabeça e pescoço é quase desconhecido. Começa, esta segunda-feira, uma campanha europeia para alertar para a importância da deteção precoce.

O cancro da cabeça e pescoço engloba todos os tumores naquelas zonas do corpo, com exceção dos tumores cerebrais e do globo ocular. É o sétimo cancro mais comum a nível mundial e, em Portugal, é a quarta patologia mais frequente nos homens. Mata três portugueses por dia.

Números impressionantes para uma doença que, recentemente, 77% dos europeus admitiram desconhecer. "A verdade é que nunca houve ninguém dedicado à divulgação", refere Jorge Rosa Santos, diretor do Grupo de Estudos do Cancro da Cabeça e Pescoço (GECCP).

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG