Sociedade

Chefias do Hospital de S. João chegam a acordo com o Governo

Chefias do Hospital de S. João chegam a acordo com o Governo

As chefias do Hospital de S. João, no Porto, "analisaram favoravelmente as propostas do Governo", anunciou, este sábado, António Ferreira, presidente do Conselho de Administração do Hospital de S. João.

Os responsáveis demissionários aguardarão a concretização das medidas propostas pela tutela até ao próximo dia 15 de julho, informou, ainda, o presidente do Conselho de Administração do Hospital de S. João, no final da reunião deste sábado de manhã com as chefias intermédias.

Em comunicado lido pelo presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar de São João, António Ferreira, após uma reunião com os presidentes das Unidades Autónomas de Gestão e Diretores de Serviço que, na quinta-feira, apresentaram em bloco a sua demissão, "as lideranças intermédias avaliaram favoravelmente" as soluções propostas pela tutela.

O presidente do Conselho de Administração convocou os responsáveis das unidades autónomas das oito unidades de gestão e os 58 diretores de serviço do Centro Hospitalar de S. João que, anteontem, apresentaram a demissão em bloco por falta de condições para assegurar a gestão do hospital.