Sociedade

Chefias do S. João decidem hoje se aceitam garantias

Chefias do S. João decidem hoje se aceitam garantias

António Ferreira apresenta, hoje, às chefias demissionárias as garantias que obteve do Ministério da Saúde e que poderão viabilizar o funcionamento do Hospital de S. João. A demissão decidir-se-á em conjunto.

O presidente do Conselho de Administração convocou para hoje os responsáveis das unidades autónomas das oito unidades de gestão e os 58 diretores de serviço do Centro Hospitalar de S. João (CHSJ) que, anteontem, apresentaram a demissão em bloco por falta de condições para assegurar a gestão do hospital.

A marcação da reunião aconteceu logo que terminou o encontro de António Ferreira com o secretário de Estado da Saúde, Manuel Teixeira, e em que esteve presente também o presidente da Administração Regional de Saúde do Norte, Castanheira Nunes.

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa