Feto

Feto com obstrução da laringe operado com êxito em Espanha

Feto com obstrução da laringe operado com êxito em Espanha

Um feto com uma obstrução completa da laringe foi operado em Espanha com êxito, pela primeira vez no mundo, revelaram, esta quinta-feira, os responsáveis pela operação.

A cirurgia foi realizada por especialistas do Hospital Clínico de Barcelona e do Sant Joan Déu de Esplugues.

A obstrução da laringe é uma malformação rara que na maioria dos casos causa a morte do feto, segundo a agência noticiosa espanhola EFE.

Numa conferência de imprensa, os responsáveis pela operação falaram sobre as dificuldades que enfrentaram.

A grávida chegou a Barcelona vinda do Hospital de Cartagena, no qual era seguida e que detetou às 21 semanas de gestação que o feto tinha os pulmões muito dilatados, o que estava a comprimir o coração e a causar insuficiência cardíaca.

Eduard Gratacós, responsável pela operação, disse que "ao chegar ao centro restavam-lhe (ao feto) poucas horas de vida, no máximo dois dias".

Os especialistas levaram mais de hora e meia a preparar e planear a operação, que foi executada em 22 minutos, tendo sido utilizadas técnicas como as usadas no tratamento de hérnias.

PUB

"Foi muito difícil porque a mãe tinha placenta anterior, o feto estava inchado e de costas", disse ainda.

Os médicos, que chegaram através da traqueia à laringe, comprovaram que esta era normal, mas estava bloqueada por uma membrana. Esta foi eliminada e as secreções acumuladas nos pulmões foram limpas.

Nas semanas posteriores, os pulmões do feto recuperaram pouco a pouco o tamanho normal e o coração também melhorou. O bebé nasceu 16 semanas depois da cirurgia no Hospital de Cartagena.

Segundo a EFE, esta foi a primeira vez que se realizou com êxito uma operação a um feto deste tipo. Todos os anteriores casos relatados levaram à morte ou à existência de graves sequelas nos sobreviventes.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG