Venezuela

Jovem de 21 anos sofreu ruptura de implante

Jovem de 21 anos sofreu ruptura de implante

Preocupada com a sua saúde e das mulheres venezuelanas, uma jornalista, de 21 anos, revelou que sofreu uma ruptura de um implante mamário fabricado pela empresa francesa Poly Implant Prothese e apelou às portadoras de implantes desta marca que visitem especialistas.

"Tive que ser operada de urgência por ruptura de implantes. Em Fevereiro de 2011 realizei uma ecografia mamária de rotina para descartar qualquer anomalia nos meus seios e o diagnóstico foi alarmante: um dos meus implantes, o esquerdo, estava completamente destruído", afirmou Rita de Martino à Agência Lusa.

A jovem de 21 anos dirigiu-se ao médico cirurgião "com muito medo que isso pudesse ocasionar graves danos ao organismo". Uma ressonância magnética revelou que o implante "estava roto em vários fragmentos e o silicone estava disperso", o que exigia que fosse retirado de imediato.

A operação de quase duas horas decorreu a 16 de Abril e foram-lhe retirados os implantes de ambos seios. A prótese esquerda estava "impregnada por um líquido purulento", explicou a jornalista, sublinhando que ambos os seios foram "limpos", mas que teve de esperar pela regeneração do tecido afectado pelo contacto com o implante.

Sem precisar se voltou a usar uma prótese mamária, Rita de Martino disse que o implante em questão foi feito em 2003 e, além dos problemas físicos, causou "danos emocionais" que a deixaram "muito afectada, com mudanças no organismo e medo de que pudesse ter cancro".