Sociedade

Nove em cada dez mulheres férteis usa contracetivos

Nove em cada dez mulheres férteis usa contracetivos

Portugal é o segundo país do Mundo com mais alta taxa de utilização de contracetivos. Especialistas aplaudem, mas alertam para a importância das mulheres escolherem o método mais adequado.

O número é expressivo: 87% das mulheres portuguesas em idade fértil recorrem a anticoncetivos. Mais do que na China, no Reino Unido, na Rússia ou nos Estados Unidos. À frente de Portugal, surge apenas a Noruega com 88%.

As estatísticas da Kaiser Family Foundation, uma instituição norte-americana que se dedica a analisar dados de saúde em todo o mundo, com base em indicadores da Organização Mundial de Saúde e dos próprios países, mostram que Portugal absorveu como poucos a lei do Planeamento Familiar, aprovada há 30 anos. A introdução de consultas e distribuição de contracetivos gratuitos nos centros de saúde permitiram ultrapassar mesmo os países mais desenvolvidos.

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG