Sociedade

O poder da música em pessoas com Alzheimer

O poder da música em pessoas com Alzheimer

Um videoclipe inspirador foi lançado por Michael Rossato-Bennett para promover o documentário "Alive Inside" e mostra a extraordinária terapia musical feita com pacientes que sofrem de Alzheimer ou demência. Veja o vídeo.

Visto mais de 2 milhões de vezes, o documentário é narrado por um trabalhador de ação social e pelo neurologista Oliver Sacks e explora a ligação entre a música e a memória dos que sofrem problemas mentais degenerativos.

De todos os idosos entrevistados, um senhor chamado Henry é o que mais se destaca.

Henry, que sofre de Alzheimer, é primeiramente visto na sua cadeira de rodas sem responder a nenhuma questão. Contudo, depois de lhe ser entregue um iPod cheio de músicas e grandes hits dos seus tempos de juventude, Henry rejuvenesce.

O neurologista Oliver Sacks afirma que ele "fica iluminado! A sua cara assume expressão, os olhos abrem-se...ele fica animado com o que ouve."

Após a conecção com o iPod, Henry inicia uma conversa lúcida sobre o seu amor pela música e o efeito que esta tem sobre ele.

"Dá-me a sensação de amor, de romance. Eu descubro agora que o mundo precisa de música. Têm aqui belas canções", diz Henry antes de começar a ouvir "I'll Be Home For Christmas" de Cab Calloway, que considera ser um dos seus artistas favoritos.

A estreia da mostra do documentário está agendada para o dia 18 de abril no Rubin Museum em Nova Iorque, enquanto que a organização "Music&Memory" de Dan Cohen está a colecionar novos e velhos leitores de MP3 para pessoas idosas nos Estados Unidos.