Sociedade

Sindicato Independente dos Médicos desconvoca greve

Sindicato Independente dos Médicos desconvoca greve

O Sindicato Independente dos Médicos desconvocou esta segunda-feira a greve nacional às horas extraordinárias que deveria começar às 8.00 horas de 2 de Janeiro.

O ministro da Saúde reúniu-se hoje com os sindicatos dos médicos para discutir a greve anunciada por estes profissionais às horas extraordinárias, em consequência da decisão da tutela de baixar o valor de pagamento do trabalho suplementar.

Ao fim de três horas de reunião entre a equipa ministerial e o SIM, que decorreu na manhã de hoje, ambas as partes optaram pelo silêncio, tendo sido posteriormente anunciada a desconvocação da greve no site do sindicato.

A greve, que teria início às 8.00 horas do dia 2 de Janeiro de 2012 e sem termo previsto, destinava-se exclusivamente a todas as horas extraordinárias, mantendo os médicos a obrigação legal de cumprimento de todo o seu horário normal de trabalho, onde se inclui, quando aplicável, 12 horas na urgência.

Em causa está o Orçamento do Estado para 2012, que estabelece novas formas de pagamento das horas extraordinárias, não contemplando qualquer excepção para os médicos.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG