cancro

Um em cada seis cancros são causados por infeções evitáveis

Um em cada seis cancros são causados por infeções evitáveis

Um número significativo de tumores surge como consequência de agentes infeciosos. Um estudo revelou que um em cada seis casos de cancro podem ser facilmente prevenidos.

O papiloma vírus e a hepatite são agentes infeciosos responsáveis por cerca de dois milhões de casos de cancro em todo o mundo. A imunização contra estes agentes pode prevenir o aparecimento de cancro.

Em 2008, registaram-se 7,5 milhoes de casos. Os dados publicados no estudo francês de Catherine de Martel e Martyn Plummer revela que cerca de 1,5 milhões de casos desse total poderiam ter sido evitados através do combate a infeções.

PUB

Os agentes que provocam cancro são de origem viral ou bacteriana, por exemplo. Em qualquer dos casos, o desenvolvimento destes agentes é facilmente combatível com a utilização de vacinas ou antibióticos.

O estudo, publicado na "The Lancet Oncology", revela que, enquanto na Austrália e na Nova Zelândia a proporção de tumores causados por uma infeção é de cerca de 3%, na África chega a 32,7%.

Assim, a capacidade dos sistemas de saúde de cada país e a correta distribuição dos recursos revela-se, mais uma vez, uma urgência.

Goodarz Danaei, professor na Faculdade de Medicina na Universidade de Harvard, disse que o estudo vem mostrar que é possível combater o cancro com programas simples de prevenção.

O professor deu especial ênfase à necessidade de expansão de vacinas para a hepatite B e para o papiloma vírus, responsáveis por uma grande proporção de tumores hepáticos e genitais.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG