Euromilhões

Se ninguém acertar no Euromilhões "jackpot" mantém-se na sexta-feira

Se ninguém acertar no Euromilhões "jackpot" mantém-se na sexta-feira

O sorteio desta terça-feira do Euromilhões vai ter um primeiro prémio com "jackpot" de 190 milhões de euros, valor máximo permitido pelo regulamento do jogo em vigor desde fevereiro. Se ninguém acertar, o valor mantém-se para o sorteio de sexta-feira.

De acordo com as novas regras, o prémio máximo de 190 milhões de euros está limitado a dois concursos consecutivos, pelo que se não houver totalistas esta terça-feira o montante do "jackpot" mantém-se para sexta-feira.

Caso na sexta-feira não volte a haver totalistas, o valor total do primeiro prémio acresce ao do segundo prémio ou ao da categoria imediatamente inferior em que se verifique pelo menos uma aposta premiada.

Segundo o regulamento, sempre que o montante apurado para o primeiro prémio ultrapasse os 190 milhões de euros, o remanescente, face ao limite máximo fixado, acresce ao valor do segundo prémio. Se este não for atribuído, o montante será adicionado ao terceiro prémio ou ao da categoria imediatamente inferior.

Na sexta-feira, em que estava a concurso um primeiro prémio com "jackpot" de 176 milhões de euros, foram registadas apostas no valor total superior a 96 milhões de euros no conjunto dos nove países europeus que jogam o Euromilhões, com Portugal a superar os 15 milhões.

Até à data, segundo o Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, o maior "jackpot" de sempre, 185 milhões de euros, saiu ao Reino Unido, em julho de 2011. O maior "jackpot" em Portugal, 69 milhões de euros, foi atribuído em março do mesmo ano, no distrito de Vila Real.

O Euromilhões é jogado, desde 2004, em Portugal, Reino Unido, Espanha, França, Irlanda, Áustria, Bélgica, Suíça e Luxemburgo.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG