Sociedade

"Time" acusada de "pôr cornos" ao papa Francisco

"Time" acusada de "pôr cornos" ao papa Francisco

A próxima edição "Time" tem o papa na capa com um título inocente e consensual. No entanto, a sobreposição da efígie de Francisco sobre as letras que dão nome à revista cria a ilusão de uns diabólicos e vermelhos cornos na cabeça do sumo pontífice.

"O papa do povo" é a manchete da próxima edição da reviste "Time", que chega às bancas a 29 de julho. No entanto, nas redes sociais já está instalada a polémica, com olhos mais argutos - ou menos inocentes - a verem na forma como a letra "M" sobressai, a vermelho, acima do solidéu de Francisco, criando uns "cornos" diabólicos, a lembrar a iconografia dos chifres de Belzebu.

No twitter corre a ideia de que a justaposição da efígie de Francisco sobre o "M" foi propositada e não um acaso.

A capa polémica vai sair apenas nas edições Europa, Ásia e América do Sul, sem que algo de kafkiano se possa apontar a esta opção.

É que em face dos protestos que estão a correr os EUA a pedir justiça para Trayvon Martin, a revista vai destacar o assunto na capa, remetendo para o interior a reportagem sobre o papado de Francisco, até agora marcado pela "humildade e candura".

Segundo o El Mundo, a edição norte-americana da "Time" terá na capa a camisola com capuz que Trayvon Martin usava quando foi morto por disparos de George Zimmerman. O vigilante que foi absolvido do homicídio pelo jurí, invocando a lei que permite disparar, primeiro, e perguntar depois em caso de se sentir ameaçado, o que originou já mais de 100 manifestações nos EUA.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG