aviação

Ventos fortes cancelaram 52 voos no aeroporto da Madeira

Ventos fortes cancelaram 52 voos no aeroporto da Madeira

Os ventos fortes na zona de Santa Cruz, na ilha da Madeira, cancelaram 52 ligações aéreas (26 chegadas e 26 partidas), afetando milhares de passageiros. Rajada mais forte registada no arquipélago foi de 149 quilómetros/horários.

A maior parte dos voos são "charters", 16 dos quais divergiram para outros aeroportos, como o da ilha do Porto Santo, o de Las Palmas e de Tenerife, no arquipélago das Canárias, o de Lisboa e o do Porto.

Portugal, Noruega, Dinamarca, Suécia, Finlândia, França, Escócia e Inglaterra são as proveniências dos voos afetados pelos ventos na Madeira e cuja rajada mais forte registada no aeroporto foi de 89 quilómetros/horários, às 19.30 horas desta segunda-feira.

Segundo a Meteorologia do Aeroporto, a rajada mais forte no arquipélago da Madeira foi de 149 quilómetros/horários, registada no Pico do Arieiro, às 17.00 horas.

As previsões indicam a manutenção de vento forte até às 06.00 horas de terça-feira.

De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera, o arquipélago da Madeira está sob aviso laranja até às 12.00 horas de terça-feira devido ao vento, com rajadas na ordem dos 120 quilómetros por hora.

O navio Lobo Marinho não realizou a ligação Madeira - Porto Santo - Madeira devido à forte ondulação, só devendo fazê-la na quarta-feira.

Outras Notícias