130.º Aniversário JN

Debate

Roteiro para a língua portuguesa global

A língua portuguesa não é um ativo estratégico porque não gera rendimento; pelo contrário, é um passivo que as empresas da comunidade lusófona têm de suportar. Foi Daniel David, empresário moçambicano e presidente da Câmara de Comércio Moçambique Portugal, quem o afirmou, numa declaração que contrariou o tom global positivo do debate sobre o português como ativo estratégico.

Imagens

Últimas