ar livre

Ar livre

A rua de Vila do Conde onde se comem as sandes da Badalhoca

«Esta rua é alegre» é o título do poema que Ruy Belo dedicou à Rua de São Bento, na zona histórica de Vila do Conde, e a placa com o poema integral está lá para lembrar. É uma via airosa e pouco extensa, ideal para percorrer a pé. Numa extremidade fica a Capela de São Bento e, a meio, o Museu das Rendas de Bilros, que tem em exposição a maior renda de bilros a nível mundial, entre outras peças, e ainda conta com uma oficina e uma Escola de Rendas, de acesso livre, onde qualquer um pode aprender a […]

Ar livre

As experiências ao ar livre que mais gostámos de fazer em 2018

TAVIRA EQUESTRIAN TOURISM Tavira Da mais velha, Florença, com 30 anos, à esperta Brisa, ao alto York e ao ternurento Ramito, os treze cavalos e três póneis da Quinta da Balieira fazem as delícias da veterinária Joana Campos. É ela quem organiza os passeios a cavalo do Tavira Equestrian Tourism. O ponto de partida é esta herdade em Cabanas de Tavira, mas o percurso faz-se por pomares e pela ria, onde se pode passear dentro do mar. Sempre com a ajuda de um instrutor, que garante que qualquer pessoa consiga experimentar estes passeios de uma hora. Imprescindível para quem gosta […]

Ar livre

As 5 maiores árvores de Natal do país para ver no fim de semana

São imponentes, luminosas e estão à vista de todos as árvores de Natal gigantes que de ano para ano são instaladas por várias câmaras municipais. Este ano não é exceção e há vários exemplares para admirar, sobretudo se se tiver em consideração as alturas das estruturas luminosas, que quase parecem competir entre si pelo título de ser «a maior». De Vila Nova de Gaia a Setúbal, conheça na fotogaleria acima cinco das maiores árvores de Natal do país.   Leia também: 42 pistas de gelo para patinar de norte a sul do país Lisboa: 7 programas para um fim de […]

Ar livre

As novidades de Évora para conhecer num passeio de bicicleta

Do património à gastronomia, do ritmo de vida ao vinho, de Évora já quase tudo se disse, já tantos portugueses por lá passaram, porquê então voltar à cidade alentejana? Porque a cidade não está parada no tempo, está viva, tem-se reinventado. A remodelação do antigo Ecorkhotel, agora Tivoli Évora Ecoresort, localizado a três quilómetros do centro histórico, é disso um bom exemplo. Vale a pena lá voltar mesmo para quem, como nós, já cá tinha estado. Está assim tão diferente? Nim. Reinaugurado no passado mês de outubro, não foi alvo de uma remodelação total - mantém as suas 56 suites, […]

Imagens

Últimas