Assédio moral

Exclusivo

Queixa-crime por assédio contra chefe da Câmara de Barcelos

O Ministério Público está a investigar uma queixa-crime contra a chefe do Gabinete de Coesão Social e Saúde Pública (GCSSP) da Câmara de Barcelos, Ana Fernanda Lopes, por acusações de assédio laboral e moral e perseguição. A queixa é suportada pelo depoimento de 16 assistentes sociais, sete em funções e nove outras que já abandonaram o cargo. "Vive-se um clima de terror e de intimidação", disse ao JN uma das queixosas, sob anonimato.

Imagens

Últimas