Automóveis

Comércio

Automóveis usados até três anos podem valer o mesmo que um novo

A escassez de veículos novos para entrega, que inicialmente parecia ser boa, sobretudo para o comércio de usados, acabou por ser "mais uma pedra no sapato". Os tempos de espera para receber um automóvel novo, sobretudo de gamas mais baixas, está hoje em níveis nunca vistos e a transferir clientes, que habitualmente adquirem carro novo, para os stands de usados, aumentando ainda mais a procura, que não chega para as encomendas, com reflexo no preço.

Imagens

Últimas