Câmara Municipal

Premium

Câmara e construtor do estádio de Braga trocam acusações

A construtora Soares da Costa, o principal acionista do Consórcio ASSOC que construiu o estádio de Braga, vai acionar judicialmente as duas sentenças que condenaram a Câmara Municipal local a pagar uma verba que pode ir de seis a oito milhões, com juros, por "acréscimo de estaleiro e horas extraordinárias" na construção do estádio para o Euro 2004. Mas a Autarquia vai pôr, também, uma ação em Tribunal por incumprimento do contrato de construção, nomeadamente, devido a deficiências nas ancoragens da bancada poente do estádio.

Imagens

Últimas