Cascais

Auxiliar está preso

Escola abafa suspeitas de abusos contra aluno

Um auxiliar de ação educativa e formador de informática de uma escola básica de Cascais, atualmente a cumprir uma pena de seis anos de prisão por vários crimes de abusos, beneficiou da inércia da direção do estabelecimento de ensino que ocultou as primeiras suspeitas, em outubro de 2020. Após dois meses, o mesmo pedófilo acabaria por ser denunciado às autoridades por um colégio católico por crimes semelhantes, levando à sua detenção e condenação.

Imagens

Últimas