comportamento

comportamento

Medo de voar? 11 dicas para controlar a ansiedade

O medo de voar interfere com o organismo e com a cabeça. Nervosismo, insónias, irritabilidade, sensação de falta de ar, preocupação excessiva, tensão muscular e até mesmo perda de peso. Antes de entrar num avião, tudo pode acontecer. Há estudos internacionais que indicam que uma em cada três pessoas tem medo de viajar de avião. Quais as causas? O que fazer? «A fobia de voo tende a agravar-se com o decorrer do tempo. Pessoas que começam com uma ansiedade ligeira podem chegar a um ponto de total incapacidade para viajar de avião, se não fizerem nada [...]

comportamento

Gays e lésbicas também envelhecem. Com preconceitos colados à pele

Texto de Sara Dias Oliveira António Serzedelo tem 73 anos, é gay, fundador e presidente da Opus Gay, um dos mais antigos ativistas e autor do primeiro manifesto da causa LGBT em Portugal. Já ouviu de tudo: o velhote que ainda respira e que anda a tirar dinheiro ao país que deveria ir para os tratamentos de HIV de gente jovem; o velho que anda a espalhar HIV pelo mundo e que se é apanhado sozinho na rua é que vão ser elas. “É difícil envelhecer pelas capacidades que se vão perdendo. E, ainda por cima, levamos com carradas de […]

comportamento

Redes sociais: da opinião ao insulto em três comentários

A mecânica é quase sempre a mesma. Começa pela ideia de fazer só um comentário a um post, uma nota breve, uma opinião ali deixada entre os afazeres realmente importantes do dia. Só que, horas depois, um comentário transformou-se em 20 comentários. A calma deu lugar a uma indignação crescente que não deixa ninguém ir dormir descansado enquanto houver alguém com uma opinião diferente. O conteúdo das respostas começa a ter pouco que ver com o assunto inicial e passa à ofensa espúria. E ganhar a discussão com desconhecidos transforma-se numa questão de vida ou morte, [...]

comportamento

"Ninho Vazio": os filhos saem, os pais reaprendem a viver

Passaram-se mais de 20 anos desde que as filhas de Leonilde e Dino Rasga, a viver em Avelãs de Caminho, Aveiro, saíram de casa pela primeira vez. Diana, hoje com 44 anos, foi estudar para a faculdade em Lisboa, aos 17, e a irmã Andreia fez o mesmo percurso, aos 18. Tem hoje 39. Confessam que atualmente é mais fácil e que as novas tecnologias ajudam a atenuar as saudades. "Antigamente, como só havia telefones fixos, sofríamos mais porque não se podia ligar a qualquer momento, tínhamos de marcar hora para falar com elas", explica a [...]

Imagens

Últimas