Concelho Vila Pouca de Aguiar

Revolta

Dá cinco mil euros a quem descobrir quem matou cadela da filha autista

É uma luta da qual André Gomes da Costa promete não desistir enquanto não se fizer justiça. No final de julho, a cadela pastora alemã Blondie, que estava na família há três anos, morreu por envenenamento. A indignação de André é ainda maior porque este animal tinha uma função especial. "Era a companhia da minha filha, que fez há dias seis anos, e que tem 85% de incapacidade devido ao autismo", explicou, ao JN.

Imagens

Últimas