corrupção

Lisboa e Sintra

GNR desmantelou rede paralela de distribuição de jornais e revistas

A GNR deteve, na quarta-feira, dez homens e uma mulher, com idades compreendidas entre os 25 e os 66 anos, pela prática do crime de corrupção no setor privado da distribuição de publicações, na região de Sintra e Lisboa. O grupo tinha um canal ilícito de distribuição de jornais e revistas e terão causado um prejuízo de centenas de milhares de euros ao Estado e a diversas empresas de Comunicação Social. Foram apreendidos mais de 41 mil euros, armas e publicações, bem como 13 viaturas, entre outros objetos.

Imagens

Últimas