EDP

Processo EDP

Manuel Pinho diz que perigo de fuga é falso e critica "timing" do MP

A defesa de Manuel Pinho considera que a prisão domiciliária aplicada ao ex-ministro de José Sócrates pelo juiz Carlos Alexandre não tem fundamentos por ser falso existir perigo de fuga. No recurso para o Tribunal da Relação, no âmbito do caso EDP, Ricardo Sá Fernandes criticou o Ministério Público (MP) por pedir o agravamento das medidas de coação quando o processo mudou de juiz de instrução, tendo ficado a cargo de Carlos Alexandre.

Imagens

Últimas