O Jogo ao Vivo

Evasões 360º

Evasões 360º

As viagens de... Gonçalo Cadilhe

Tudo começou quando estava na Universidade, em Gestão de Empresas. Depois de uma viagem à América Central, enviou um texto para o então diretor da revista Grande Reportagem, Miguel Sousa Tavares. O jornalista respondeu, apontou-lhe os erros, muitos, mas abriu-lhe a porta. Gonçalo não desperdiçou a oportunidade. O resto, já se sabe. A Lua Pode Esperar, Planisfério Pessoal, Nos Passos de Magalhães (acaba de sair uma nova edição, pela Clube do Autor), a lista de livros deste viajante profissional já não cabe nas duas mãos. Voltas ao mundo também já deu várias. Na maior delas, andou 19 meses na estrada. […]

Evasões 360º

As viagens de...The Legendary Tigerman

"Conceptualmente, não queria apenas escrever mais um disco, queria que estas canções nascessem na estrada, influenciadas por tudo o que ia vendo e sentindo na viagem. A estrada é muitas vezes suja, perigosa, excitante, inspiradora, há que estar alerta." As palavras estão no texto de lançamento do mais recente álbum de The Legendary Tigerman (Misfit) resultado de uma road trip pela "América", entre Los Angeles e Death Valley, no deserto de Mojave. O músico que nasceu em Moçambique e cresceu em Coimbra assume sem pudor o fascínio pelos Estados Unidos, um país com "muita poesia de beira de estrada, mesmo […]

Evasões 360º

Uma «fazenda» para dormir, comer e mergulhar no Algarve

O nome (Fazenda das Palmeiras, em bom português) é inusitado; os donos são belgas e afirmam que esta propriedade localizada na colina Cerro do Botelho, a poucos minutos de São Brás de Alportel, não é um turismo rural, mas sim um… bed & breakfast. Será este um alojamento destinado em exclusivo a forasteiros? De forma alguma. Por mais paradoxal que possa parecer este é um destino de eleição, uma espécie de segredo mal guardado para quem procura um Algarve autêntico, mais tradicional. É claro que tem um toque e design contemporâneos - aquelas camas e espreguiçadeiras a fazer lembrar as […]

Evasões 360º

Urban Sketchers: os artistas que desenharam o Porto

Chamam-se urban sketchers, vivem e viajam para desenhar. E qualquer pessoa pode fazê-lo, inclusive na própria rua. «É como pôr uns óculos novos todos os dias», garante Gabriel Campanario, fundador do movimento e um dos ilustradores que deram um colorido extra ao Porto, durante o simpósio internacional que atraiu à cidade 800 de ilustradores. Cada um dos cinco ilustradores (de Portugal, Espanha e Austrália) desenharam uma página dupla da revista em que o centro do Porto foi o protagonista. A Praça da Ribeira, a Ponte Dom Luís, a Praça dos Leões e a Praça de Almeida Garrett foram pontos escolhidos, […]

Imagens

Últimas