fronteiras

JN Comunidades

Investigador diz que as fronteiras da covid-19 "têm mais a ver com interpretações políticas de factos científicos"

O impacto das medidas de limitação de circulação entre países tem sido penalizador para a economia, mas até que ponto elas são cientificamente fundamentadas? A resposta é mais complexa que um sim ou um não, como explica Tiago Correia, investigador e professor de Saúde Pública Internacional e Bioestatística do Instituto de Higiene e Medicina Tropical, da Universidade Nova de Lisboa.

Imagens

Últimas