Gouveia e Melo

Armada

Marcelo relativiza críticas e lembra que CEMA se disponibilizou a sair

O presidente da República relativizou a mensagem de despedida do Chefe do Estado-Maior da Armada (CEMA) que vai ser substituído por Gouveia e Melo. O almirante Mendes Calado disseque não sai "por vontade própria", mas Marcelo Rebelo de Sousa lembrou que este se tinha disponibilizado para deixar o cargo antes do fim do mandato. Estas mudanças, acrescentou, são "próprias da estabilidade institucional".

Imagens

Últimas