Histórias

Histórias

Mário Narciso: o homem dos gostos simples

Quatro de dezembro. Como todas as quartas-feiras à hora de almoço, o grupo de velhos amigos está reunido à mesa do restaurante, em Setúbal, tertúlia antiga fundada em torno de duas paixões: sabores do mar e futebol. Esta é, porém, uma quarta-feira especial: celebra-se o aniversário e o título de campeão do Mundo de um dos convivas, Mário Narciso, aguardando-se a todo o momento a chegada do festejado. Será então servida a grandiosa pescada com todos, inteira e arrepiada de véspera, um dos manjares favoritos do selecionador (juntamente com a caldeirada), a comemorar 66 anos de vida. “Defeitos, defeitos, deixe […]

Histórias

Sabe porque no norte do país o polvo é o prato da Consoada?

Fotografias Gonçalo Delgado/Global Imagens Francelina Rodrigues, 50 anos, já ateou os toros de carvalho e a chama fez-se forte, não há de tardar muito para a água começar a ferver. Num pote de ferro deitou água, uma mão cheia de sal e uma moeda preta, para dar sorte. Quando estiver a borbulhar há de agarrar no polvo pela cabeça e mergulhá-lo cinco vezes na água, uma por cada chaga de Cristo. Depois é atirá-lo lá para dentro com uma cebola cortada ao meio. Vinte minutos o animal sozinho, outros tantos acompanhado de batatas descascadas e cortadas pela metade. «No Natal […]

Histórias

Trabalhar com um cromossoma a mais

A banca de trabalho de Daniel Rodrigues está imaculada. A louça chega do restaurante, ele passa-a por água, mete-a na máquina de lavar e não deixa acumular tarefas. “Tudo o que me pedem, eu faço logo. É uma segunda família que eu tenho aqui”, garante o ajudante de cozinha, cuja alegria não deixa ninguém indiferente. Daniel tem 26 anos e chegou ao Hotel Axis Porto, há cerca de dois anos, para fazer um estágio, no âmbito do projeto europeu “Valuable”, criado para promover a inclusão profissional de trabalhadores com Perturbação do Desenvolvimento Intelectual (PDI). Há um ano, assinou contrato. Começou […]

Histórias

Dominó: o jogo onde menos é mais

Domino Gratias. Era essa a expressão em latim utilizada pelos padres quando queriam agradecer a Deus qualquer graça divina. E foi essa a origem histórica da denominação do dominó, jogo que chegou aos dias de hoje com 28 peças retangulares, marcadas em dois lados divididos a meio. Do duplo zero (conhecido na gíria como sabonete) ao duplo seis (a peça máxima). O objetivo dos jogadores é livrarem-se o mais depressa possível das sete pedras recebidas no início de cada partida. Se o desenrolar da mesma não permitir que todas sejam despachadas, ganha quem chega ao final com menos pontos. Ou […]

Imagens

Últimas