Lusa

volta ao mundo

Seattle proíbe plásticos em cafés e restaurantes

A cidade de Seattle, EUA, passou a proibir, a partir de ontem, 1 de julho, a utilização de utensílios de plástico nos seus mais de 5 mil restaurantes, cafés e lojas de alimentos, sob pena da aplicação de multas a partir de 250 dólares (cerca de 213 euros). A medida, que segundo os media locais converte Seattle numa das primeiras cidades dos EUA a proibir este género de artigos de plástico, abrange palhinhas, colheres, garfos e facas. Caso estes artigos sejam solicitados por um cliente, deverão ser fornecidas alternativas recicláveis. A decisão tem como objetivo diminuir o lixo de plástico […]

Delas

Azarenka obrigada a falhar Open da Austrália

A bielorussa Victoria Azarenka vai falhar o Open da Austrália de ténis, anunciou na segunda-feira a organização do torneio de Melbourne, já que continua impedida de deixar a Califórnia, onde luta pela custódia do filho, de um ano. Afastada do circuito por causa da maternidade – que a afastara do torneio de 2017 -, tinha este ano um ‘wild card’ da organização, que agora será entregue à croata Ajla Tomljanovic. Devido à paragem, o ‘ranking’ caiu para 208.ª no final do ano. “Infelizmente não pode viajar para a Austrália”, referiu a organização, no Twitter, sublinhando que “é o seu torneio […]

Notícias Magazine

É um mito que as dores nas articulações anunciem chuva

Texto Lusa | Fotografia de Getty Images O estudo foi feito pela Faculdade de Medicina da Universidade de Harvard (Massachusetts, Estados Unidos) e hoje publicado na BMJ, uma publicação científica. No trabalho, o tempo de inverno é ilibado das culpas do aumento das dores nos ossos, nas articulações ou nas costas. Os autores admitem que a ideia de que há uma relação entre certos sintomas e clima existe desde a antiguidade, lembram que Hipócrates, o grego considerado o «pai da medicina», já escrevia como o clima afetava a saúde física, mas afiançam que «não há qualquer relação». A análise agora […]

Delas

Uma mulher negra vence pela primeira vez o prémio Turner

Lubaina Himid tornou-se, aos 63 anos, na primeira mulher negra a conquistar o prémio Turner, o galardão de arte contemporânea mais prestigiado do Reino Unido, por uma obra que homenageia a cultura africana. Lubaina Himid, que nasceu em Zanzibar e vive em Preston, no norte de Inglaterra, foi distinguida com o prémio Turner na terça-feira por três exposições realizadas em Bristol, Nottingham e Oxford, nas quais – como é habitual na sua obra – exulta a criatividade da arte africana. A lista de nomeados incluía o britânico-jamaicano Hurvin Anderson, de 52 anos, a alemã Andrea Buttner, de 45, bem como […]

Imagens

Últimas