rastreio

DGS

Realizados menos 327 mil rastreios de cancro em 2020

A pandemia provocada pela covid-19 trouxe uma quebra no número de convocatórias e rastreios oncológicos realizados em Portugal. Em 2020, segundo os dados apresentados esta sexta-feira pela Direção-Geral de Saúde, fizeram-se menos 327 082 mil rastreios de cancro da mama, colo do útero e do cólon e reto. Diagnóstico precoce regressou aos níveis pré-pandemia em 2021, diz Marta Temido.

Imagens

Últimas