Rui Moreira

Exclusivo

Ministério Público acusa Rui Moreira de agir "deliberadamente contra a lei"

O presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira, acaba de ser acusado da prática de um crime de prevaricação, em concurso aparente com outro de abuso de poderes, no caso Selminho. O Ministério Público (MP) requer que o autarca seja ainda condenado na perda do mandato. "A acusação é completamente descabida e infundada", reagiu ontem, ao JN, Rui Moreira.

Imagens

Últimas