segurança rodoviária

Exclusivo

Apelos à prudência em ano de menos mortes na estrada

O ministro da Administração Interna revelou que, até dia 18 de dezembro, houve menos 21 mortos e 11 mil acidentes nas estradas em 2022 do que em todo o ano de 2019, o último antes da pandemia. Apesar desta "tendência para a diminuição", José Luís Carneiro afirmou que Governo e cidadãos estão "obrigados" a "fazer melhor", já que ainda morrem, em média, 609 pessoas por ano nas estradas do país. O músico Tony Carreira, que perdeu a filha num acidente de viação, associou-se à campanha de prevenção da sinistralidade rodoviária para o Natal e fim de ano.

Imagens

Últimas