segurança

Dióxido de titânio

UE quer proibir corante usado em chocolate, queijo e pasta dos dentes

O dióxido de titânio, usado como corante (E171) em alimentos e produtos como o chocolate branco, pastilhas elásticas ou pastas de dentes, deixou de ser considerado seguro pela Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos (EFSA), após novo parecer publicado na quinta-feira, que revela que este não pode ser descartado como possível causa de cancro. A Comissão Europeia irá propor a sua proibição nos Estados-membros, incluindo Portugal. Deco Proteste apoia.

Imagens

Últimas