SNS

Nacional

Trás-os-Montes quer centros de saúde até à meia noite

A Comunidade Intermunicipal das Terras de Trás-os-Montes (CIM) reivindica o alargamento do horário de funcionamento dos Centros de Saúde nos concelhos da sua área, das 20 ou 22 horas para a meia-noite, por considerar "inaceitável" que o acesso a um direito e serviço continue com hora marcada. Pede também a manutenção dos centros de saúde abertos durante 24 horas em períodos festivos como o Carnaval, Natal, Páscoa e férias de verão, devido "ao aumento da população no território", explica o presidente da CIM, Jorge Fidalgo.

Imagens

Últimas