tony carreira

Exclusivo

Afastada culpa de condutor alcoolizado na morte de Sara Carreira

O Ministério Público (MP) de Santarém manteve as acusações de homicídio negligente contra a fadista Cristina Branco e Ivo Lucas, antigo namorado de Sara Carreira. Os dois outros condutores envolvidos no acidente que provocou a morte da cantora em dezembro de 2020, na A1, irão responder por condução perigosa e infrações ao Código da Estrada. Um deles, que está na origem do sinistro, conduzia com uma taxa de 1,18 gramas de álcool por litro de sangue e a 30 quilómetros por hora na autoestrada. Mas o MP entendeu que não tinha culpa na morte da filha de Tony Carreira.

Imagens

Últimas