Restaurantes

Guia Michelin distingue 14 restaurantes em Portugal

Guia Michelin distingue 14 restaurantes em Portugal

O Guia Michelin distinguiu 14 restaurantes portugueses, atribuindo a segunda estrela ao Belcanto e a primeira ao Pedro Lemos, enquanto o São Gabriel recuperou a distinção perdida no ano passado, foi esta quarta-feira anunciado em Marbella, Espanha.

Na edição de 2015 do Guia Michelin Espanha e Portugal são distinguidos 14 restaurantes portugueses, mais dois que no ano anterior.

José Avillez, do Belcanto, em Lisboa, tornou-se o primeiro chefe de cozinha português a conquistar as duas estrelas Michelin ('cozinha excelente, vale a pena o desvio') que também se estreiam na capital.

A edição de 2015 do "guia vermelho" atribuiu a primeira estrela ('muito bom na sua categoria') ao restaurante Pedro Lemos, no Porto, com o nome do chefe que o dirige.

A sul, o restaurante São Gabriel (Almancil), comandado por Leonel Pereira, reconquistou a estrela que o guia retirou em 2014, poucos meses depois da mudança de chefe.

Repetem a distinção de duas estrelas Michelin dois restaurantes, ambos no Algarve e com chefes austríacos: Vila Joya, de Dieter Koschina, e Ocean, de Hans Neuner.

Mantêm uma estrela Michelin os seguintes estabelecimentos: Willie's, Henrique Leis, Il Gallo d'Oro, Casa da Calçada, Fortaleza do Guincho, The Yeatman, Feitoria, Eleven e L'And Vineyards.

Portugal continua a não ter nenhum restaurante com a distinção máxima, três estrelas, referentes a uma 'cozinha de nível excecional, que justifica a viagem'.

As novidades, em Espanha, são a atribuição de duas estrelas a um restaurante e de uma estrela a outros 19.

Sob forte aparato mediático, a apresentação do Guia Michelin Espanha e Portugal 2015 decorreu em Marbella, Andaluzia, com cerca de 350 participantes, incluindo representantes do Governo espanhol.

De Portugal estavam alguns chefes de cozinha e responsáveis de estabelecimentos, mas nenhuma entidade oficial marcou presença no evento.

Conteúdo Patrocinado